Página Principal - Menu Lateral Esquerdo

Página Principal

CADI / ASDIN

Boas-práticas em Acessibilidade

Recursos Disponíveis

Notícias

Legislação

Estatística

Dicas

Rede de Acessibilidade

Ações Implementadas

Fale Conosco

Notícias Internas

null Ato estabelece diretrizes para servidores com deficiência nas ações de capacitação do TST

O presidente do Tribunal Superior do Trabalho, ministro Brito Pereira, editou nessa segunda-feira (27) o Ato 182/2019, que estabelece diretrizes de acessibilidade nos assuntos, grades horárias e espaços físicos de cursos e oficinas de capacitação promovidos futuramente pelo TST, a fim de viabilizar a participação ativa dos servidores com deficiências variadas (visual, auditiva, motora, etc.). De acordo com o ato, “o conceito de acessibilidade precisa ser compreendido e respeitado em todas as esferas da sociedade, buscando a eliminação das barreiras que cotidianamente afetam a pessoa com deficiência, sejam elas arquitetônicas, atitudinais ou cognitivas”.

A educação inclusiva proposta pelo ato prevê a conscientização dos envolvidos acerca das necessidades específicas desse grupo de servidores, a adoção de estratégias de aprendizagem, métodos e procedimentos adequados às suas condições e a criação de estratégias de qualificação dos instrutores e coordenadores de cursos, a fim de aperfeiçoar o planejamento e a elaboração das ações educacionais.

O Núcleo de Acessibilidade e Inclusão (NAI) será o responsável por orientar e apoiar as áreas envolvidas.

O texto leva em consideração o que determina o Estatuto da Pessoa com Deficiência (Lei 13.146/2015) e a Resolução 230/2016 do Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

Leia aqui a íntegra do Ato 182/2019.

(Juliane Sacerdote/CF)

Rodapé das Páginas do ASDIN