Primeira Magistrada - TRT02 / TRT15 Primeira Magistrada - TRT02 / TRT15

NEUSENICE DE AZEVEDO BARRETTO KÜSTNER

É uma satisfação imensa ombrear esforços junto à figura exponencial da Dra. Neusenice que muitos méritos possui. Além da brilhante inteligência, tem demonstrado ao longo de sua carreira a capacidade de que tem, distribuindo justiça, servido de espelho não só aos pugnazes advogados, bem como servindo de exemplo a nós outros da carreira que abraçamos. Desnecessário lembrar as judiciosas decisões que tem proferido, e estamos certos que dentro em breve, merecidamente será guiada ao Egrégio TRIBUNAL REGIONAL DE SÃO PAULO, o maior do País, que é o lugar que de direito e de fato ocupará tão nobre magistrada (...).

Dra. Juraci Silva, Juíza Substituta

21/09/1981

► Neusenice de Azevedo Barretto Küstner foi a primeira mulher a integrar a Justiça do Trabalho da 2ª Região, tomando posse em 1957. Em 1984, tornou-se juíza de 2ª instância. Mais uma vez pioneira, a magistrada fez parte da formação inicial de juízes do TRT da 15ª Região, instituído pela Lei nº 7.520/86. 

 

Nascida em 7 de novembro de 1920, NEUSENICE DE AZEVEDO BARRETTO KÜSTNER tomou posse como magistrada na Justiça do Trabalho da 2ª Região, em 1957. Foi  a primeira mulher a assumir este cargo naquele que, até então, ainda era o único Regional localizado no estado de São Paulo. Curiosamente sua nomeação – em 07 de março de 1957 – ocorreu na véspera da data que, vinte anos depois, seria declarada pela Organização das Nações Unidas como Dia Internacional da Mulher.

Ao longo de sua carreira profissional no TRT da 2ª Região, a Dra. Neusenice deixou um grande legado.

Foi condecorada, em 20 de dezembro de 1973, com a Medalha Marechal Rondon, conferida pela Sociedade Geográfica Brasileira.

Exerceu com maestria a presidência das Juntas de Conciliação e Julgamento de São José dos Campos e de São Paulo (22ª, 26ª e 45ª). Na capital paulista, em razão da sua atuação na presidência da 26ª Junta, recebeu diversos elogios pela sua postura profissional, louvores advindos do Dr. Joel Eduardo de Oliveira, na época, representante dos advogados que atuavam naquela Junta, de juízes Vogais e da Dra. Juraci Silva, juíza substituta.

Em 10 de janeiro de 1984, tomou posse como juíza de 2ª Instância no TRT da 2ª Região. No ano de 1986, após 27 anos atuando no TRT da 2ª Região, a magistrada mais uma vez deu mostras do seu pioneirismo, passando a integrar o TRT da 15ª Região, na primeira formação de juízes daquele Regional.

Aposentou-se em 1990, após 33 anos de dedicação à Justiça brasileira.

 

Boletim - TRT 15ª