MINISTRO

FRANCISCO FAUSTO PAULA DE MEDEIROS

"Eu costumo dizer que não existe um regulamento da atividade correicional. Na Corregedoria-Geral, você faz o que acha mais conveniente fazer, no sentido de melhorar os serviços da Justiça do Trabalho.
Me parece que a atividade principal da Corregedoria-Geral é exatamente a de orientação aos Tribunais Regionais.
Eu ia fazer a correição geral e dava instruções ao pessoal que me acompanhava e me ajudava, os funcionários que ajudavam no exame dos processos. Se encontrava um erro sério (pois se fosse um erro tolo, ninguém nem [...]), eu dizia 'não ponha nada em ata. Me chame e eu converso com o juiz que errou, e peço a ele para não errar mais. E mais nada. Não quero nada de errado nas atas da Corregedoria'.
Eu baixei uma portaria, um provimento nº 5/ 2000, em que fiz a junção das execuções por conexão. Então, se são vários juízes de execução, eu centralizei tudo em um juiz, em apenas um juiz."

 

Vídeo
 
Transcrição