Publicador de conteúdo Publicador de conteúdo

Retornar para página inteira

Servidores das cortes do Chile e Uruguai visitam TST



O presidente do Tribunal Superior do Trabalho, ministro Barros Levenhagen, recebeu nesta quarta-feira (4) um grupo de servidores do Poder Judiciário do Chile e do Uruguai. Eles fazem parte do programa de intercâmbio promovido pelo Supremo Tribunal Federal (STF) entre as cortes do Mercosul. A visita acontece duas vezes por ano. O objetivo é conhecer o funcionamento e a estrutura das cortes brasileiras.

Durante o encontro, o ministro Levenhagen explicou o funcionamento do Judiciário Trabalhista e falou de outras questões, como o papel da Justiça do Trabalho no combate ao trabalho degradante e ao trabalho infantil. Para ele, o convênio tem trazido bons frutos, "para que possamos dar a conhecer, a assessores e juízes, a realidade do Poder Judiciário Brasileiro".

O uruguaio Pablo Taró, assessor técnico de ministro, julgou positiva a especialização das matérias trabalhistas e também as instituições laborais, segundo ele, maiores que no Uruguai, no sentido de dar eficácia e segurança às questões trabalhistas e aos trabalhadores. Já a assistente de ministro Andrea Iñigues Manso, do Chile, observou que a principal diferença entre Brasil e Chile é que aqui existe maior organização no funcionamento das cortes.

(Ricardo Reis. Foto: Fellipe Sampaio)

Esta matéria tem caráter informativo, sem cunho oficial.
Permitida a reprodução mediante citação da fonte.
Secretaria de Comunicação Social
Tribunal Superior do Trabalho
Tel. (61) 3043-4907
secom@tst.jus.br
Inscrição no Canal Youtube do TST