Publicador de conteúdo Publicador de conteúdo

Retornar para página inteira

TST retoma audiência de conciliação em ação contra Shell e Basf, em processo de 1,1 bi



(Qua, 28 Fev 2013, 11h10)

O presidente do Tribunal Superior do Trabalho (TST), ministro João Oreste Dalazen  (foto), participa hoje (28), às 14h, da segunda audiência de conciliação entre as partes envolvidas em ação civil pública na qual se discute a responsabilidade da Raizen Combustíveis S. A. (Shell) e da BASF S.A. pela contaminação dos empregados ocorrida em uma fábrica de praguicidas em Paulínia (SP). O objetivo é buscar uma solução consensual para o caso, no qual as empresas foram condenadas pela Justiça do Trabalho a pagar indenizações em valor estimado em R$ 1,1 bilhão.

Na primeira audiência, realizada no dia 14 de fevereiro, as empresas apresentaram uma proposta de indenização por danos morais individuais e garantia de tratamento de saúde vitalício aos trabalhadores e seus dependentes. Em reunião no Ministério Público do Trabalho, os trabalhadores apresentaram uma contraproposta e as empresas se comprometeram a responder na audiência do dia 28.

Um pouco antes, às 13h30, também na quinta-feira, o presidente do TST participa de audiência de conciliação ente o Serpro e a Fenadados (Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Processamento de Dados, Serviços de Informática e Similares).

(Pedro Rocha/MB)

Processo: RR - 22200-28.2007.5.15.0126

Processo: DC - 9273-95.2011.5.00.0000

Esta matéria tem caráter informativo, sem cunho oficial.
Permitida a reprodução mediante citação da fonte.
Secretaria de Comunicação Social
Tribunal Superior do Trabalho
Tel. (61) 3043-4907
imprensa@tst.jus.br

 

Inscrição no Canal Youtube do TST