Publicador de conteúdo Publicador de conteúdo

Retornar para página inteira

Professora readaptada em função administrativa mantém salários e vantagens

 

(Sex, 06 Dez 2019) Após o trânsito em julgado da decisão em primeiro grau (esgotamento das possibilidades de recurso), a professora ajuizou a ação rescisória, rejeitada pelo Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região (Campinas/SP). A professora recorreu então ao Tribunal Superior do Trabalho. O relator, ministro Douglas Alencar, observou que a decisão de segundo grau violou o princípio constitucional da irredutibilidade salarial (artigo 7º, inciso VI, da Constituição da República). Assim, a Seção Dois de Dissídios Individuais do TST aceitou o recurso da profissional e garantiu a manutenção de salários e vantagens.

O Revista TST é exibido pela TV Justiça às sextas-feiras, às 19h30, com reprises aos sábados, às 7h, domingo às 4h30, segunda às 7h e terça às 6h. Todas as edições também podem ser assistidas pelo canal do TST no Youtube: www.youtube.com/tst.

 

Esta matéria tem caráter informativo, sem cunho oficial.
Permitida a reprodução mediante citação da fonte.
Coordenadoria de Rádio e TV
Tribunal Superior do Trabalho
Tel. (61) 3043-4264
crtv@tst.jus.br