Publicador de conteúdo Publicador de conteúdo

Retornar para página inteira

Nota de pesar pelo falecimento do ministro Marcelo Pimentel



(Sex, 04 Mai 2018 09:50:00)
O presidente do Tribunal Superior do Trabalho, ministro Brito Pereira, manifesta profundo pesar pelo falecimento, nesta quinta-feira (3), do ministro aposentado e ex-presidente do TST Marcelo Pimentel, aos 92 anos. O magistrado deixa a mulher, Eliana, dois filhos, Sérgio e Patrícia, e netos.
 
“Em nome da Corte, presto condolências à família, aos amigos e aos admiradores desse notável magistrado. Neste momento, nos unimos em oração, rendendo homenagens ao ministro, que teve uma trajetória marcante na Justiça do Trabalho”, afirma o presidente do TST, ministro Brito Pereira.
 
Biografia
 
Marcelo Pimentel nasceu em Vitória (ES) em 13 de setembro de 1925. Formou-se na Faculdade de Direito do Rio de Janeiro em 1949. Como oficial de gabinete, trabalhou com os ministros da Justiça Tancredo Neves, Marcondes Filho, Menezes Pimentel e Nereu Ramos. Foi consultor jurídico do Ministério do Trabalho e Previdência por 18 anos, até ser nomeado ministro do Tribunal Superior do Trabalho. Presidiu a Segunda Turma do TST por mais de cinco anos. Tornou-se corregedor-geral da Justiça do Trabalho em 1982, permanecendo no cargo até 1984, quando passou a exercer a Vice-Presidência do TST. De 1986 a 1988 foi presidente do Tribunal.
 
“Como presidente do TST, o ministro Marcelo Pimentel teve uma atuação firme em defesa da Justiça do Trabalho. Fez um forte trabalho junto às lideranças na Assembleia Nacional Constituinte em favor da manutenção da Justiça do Trabalho, o que contribuiu muito para o fortalecimento do Direito do Trabalho”, ressalta o ministro Brito Pereira.
 
O ministro Marcelo Pimentel aposentou-se em maio de 1994. Durante o governo Itamar Franco (1994-1995), exerceu o cargo de Ministro do Trabalho. Desde então atuava como advogado em Brasília. Saiba mais aqui.
 
Velório
 
O velório do ministro Marcelo Pimentel será na manhã deste sábado (5) no Hall de entrada do bloco B do Tribunal Superior do Trabalho, das 10h às 13h. De acordo com a família, o corpo será cremado.
 
(Secom/TST. Última atualização no dia 4/5, às 13h30)
Inscrição no Canal Youtube do TST