Publicador de conteúdo Publicador de conteúdo

Retornar para página inteira

Divulgado resultado das provas objetiva e discursiva do concurso do TST após recursos



A Fundação Carlos Chagas divulgou nesta sexta-feira (6) o Edital nº 6 do concurso para provimento de cargos do quadro permanente de pessoal do Tribunal Superior do Trabalho, que torna público o resultado final das provas objetivas e discursivas, após a análise dos recursos. Os candidatos podem verificar sua classificação aqui.

A organizadora do certame também divulgou o Edital nº 7, que trata da convocação para a realização de provas práticas. Os candidatos classificados para os cargos de Analista Judiciário - Especialidade Taquigrafia farão a prova no dia 15/4 (domingo), no período da manhã. Na mesma data também serão aplicadas as provas de capacidade física dos classificados para o cargo de Técnico Judiciário -  Especialidade Segurança Judiciária. (Confira aqui a lista dos convocados para a área de Taquigrafia e aqui os convocados para a área de segurança).

O Edital nº 8, também divulgado nesta sexta-feira, convoca os candidatos que concorrem às vagas reservadas para negros e para pessoas com deficiência. Confira aqui os convocados para a verificação da veracidade da autodeclaração e aqui os convocados para a avaliação da equipe multiprofissional.

Cargos                

O edital do concurso prevê ao todo 52 vagas, sendo três para o cargo de Analista Judiciário - Área Administrativa; três para Analista Judiciário - Área Judiciária; uma para Analista Judiciário - Especialidade Análise de Sistemas; uma para Analista Judiciário - Especialidade Contabilidade; uma para Analista Judiciário - Especialidade Suporte em Tecnologia da Informação;  duas para Analista Judiciário - Especialidade Taquigrafia;  22 para Técnico Judiciário - Área Administrativa; duas para Técnico Judiciário -  Especialidade Segurança Judiciária; e 17 para Técnico Judiciário - Especialidade Programação.

O provimento dos cargos, no entanto, ficará a critério da Administração do TST e obedecerá, rigorosamente, à ordem de classificação por cargo/área/especialidade, conforme a opção feita pelo candidato no ato da inscrição.

Os aprovados, conforme disponibilidade de vagas, terão a nomeação publicada no Diário Oficial da União, contando-se o prazo máximo de 30 dias para a posse, a partir da data da publicação, independentemente de correspondência de caráter informativo enviada pelo Tribunal ao endereço eletrônico informado pelo candidato à Fundação Carlos Chagas, por ocasião de sua inscrição.

(Secom/TST)

Inscrição no Canal Youtube do TST