Publicador de conteúdo Publicador de conteúdo

Retornar para página inteira

Presidente do TST recebe visita de representantes das empresas aeroviárias



O presidente do Tribunal Superior do Trabalho, ministro Brito Pereira, recebeu nesta quarta-feira (4) visita de cortesia dos presidentes das principais empresas aeroviárias do Brasil e dos sindicatos representantes desse setor e reiterou que o TST está de portas abertas para empresas, trabalhadores e entidades sindicais. “Tenho recebido todos para conhecer a realidade de cada um”, afirmou. “É extraordinário ouvir essas pessoas, aprender com elas, saber quais são as agruras pelas quais passam. Isso nos ajuda a pensar a Justiça do Trabalho e o Tribunal Superior do Trabalho”.

A conversa desta quarta-feira, que teve a participação também do vice-presidente do TST, ministro Renato de Lacerda Paiva, centrou-se na situação do setor de transporte aeroviário, na recuperação desse mercado e no cuidado com clientes. Com base nas melhorias econômicas narradas pelos representantes das empresas, o ministro Brito Pereira ressaltou a importância de preservar empregos. “A ocupação das vagas não é boa apenas para os trabalhadores, mas para as empresas, a economia, as famílias e a sociedade. Os empregados precisam do emprego, e as empresas precisam dessa mão de obra. Quanto mais essa mão de obra se sente segura, mais ela produz”, disse.

Conciliação

O presidente da Associação Brasileira das Empresas Aéreas (ABEAR), Eduardo Sanovicz, agradeceu o fato de o TST ser espaço de conciliação e de construção do diálogo com sindicatos para a formação de acordos e convenções coletivas de trabalho. Em razão da competência da Vice-Presidência para conduzir processos de mediação e conciliação nos dissídios coletivos de âmbito nacional, o ministro Renato Paiva falou sobre a importância das reuniões com os interlocutores dos empregados e dos empregadores. “Temos o objetivo de obter a pacificação social nos dissídios coletivos. Nossa missão é manter um contato mais próximo com os interlocutores sociais para haver o diálogo e encontrar soluções positivas para a sociedade”, concluiu.

(GS/CF. Foto: Fellipe Sampaio)

Esta matéria tem caráter informativo, sem cunho oficial.
Permitida a reprodução mediante citação da fonte.
Secretaria de Comunicação Social
Tribunal Superior do Trabalho
Tel. (61) 3043-4907
secom@tst.jus.br
Inscrição no Canal Youtube do TST