Publicador de conteúdo Publicador de conteúdo

Retornar para página inteira

HSBC é condenado a indenizar bancário por exigir trabalho durante greve

(Sex, 17 Fev 2017 13:31:00)

A Oitava Turma do Tribunal Superior do Trabalho condenou o banco HSBC a indenizar em R$20 mil por impedir que um analista de serviços participasse de greve. A decisão foi unânime.

Em primeira instância, as testemunhas do caso alegaram que o banco tomou uma série de atitudes, como fiscalizar o cumprimento da jornada e até contratar um helicóptero para garantir a chegada do empregado ao prédio da instituição.

O banco defendeu que apenas procurou alternativas para quem quisesse trabalhar durante as paralisações, pois os manifestantes faziam barreiras nos locais de serviço. No entanto, o Tribunal Regional do Trabalho do Paraná entendeu que houve a tentativa de violar o direito de greve, previsto na Constituição Federal, ao coagir empregados a não participar das paralisações.

Após decisão favorável no Regional, o trabalhador recorreu ao TST para tentar aumentar a quantia da indenização. Mas a Oitava Turma decidiu manter a decisão, condenando o banco ao pagamento de R$ 20 mil. 

 
Esta matéria tem caráter informativo, sem cunho oficial.
Permitida a reprodução mediante citação da fonte.
Coordenadoria de Rádio e TV
Tribunal Superior do Trabalho
Tel. (61) 3043-4264
crtv@tst.jus.br