Publicador de conteúdo Publicador de conteúdo

Retornar para página inteira

Comissão do PJe estabelece estratégias para tornar sistema mais acessível a pessoas com deficiência



A Comissão Permanente de Acessibilidade e Inclusão do Processo Judicial Eletrônico instalado na Justiça do Trabalho (CPAI-PJe) estabeleceu estratégias, objetivos e prioridades para melhorar a acessibilidade do software e tornar o sistema cada vez mais acessível para pessoas com deficiência. A deliberação ocorreu em reunião realizada recentemente no Tribunal Superior do Trabalho.

Durante o encontro, foi apresentado o relatório com a situação atual da acessibilidade no PJe, que lista requisitos que o PJe atende ou não atualmente. Outro ponto importante foi a coleta de opiniões e debates entre os membros sobre as demandas mais urgentes para tornar o Processo Judicial eletrônico mais acessível.

A CPAI realizará um levantamento da situação de cada Tribunal Regional do Trabalho referente a acessibilidade do programa para o aprimoramento do sistema. Os Regionais deverão informar ao CSJT o número de pessoas com deficiência. Para melhor direcionar as ações a serem adotadas, será informado, ainda, o grau de deficiência, no prazo de 30 dias.

A próxima reunião está marcada para o dia 17 de março de 2017.

(Victor Almeida-CSJT)

Inscrição no Canal Youtube do TST