Publicador de conteúdo Publicador de conteúdo

Retornar para página inteira

TST determina que trabalhadores do Metrô retornem ao serviço nos dias de jogos das Olimpíadas no DF

(Ter, 02 ago 2016)

 
Em greve desde 14 de junho, os trabalhadores do Metrô do Distrito Federal terão que trabalhar normalmente nos diasem que houver jogos das Olimpíadas em Brasília. A decisão liminar foi do vice-presidente do Tribunal Superior do Trabalho, ministro Emmanoel Pereira.
 
A decisão se aplica a todos os trabalhadores do Metrô-DF entre os dias 4 e 13 de agosto. Nesse período, os trens deverão circular sem interrupções. Desde o início da greve, os trabalhadores têm mantido o serviço apenas em horários de maior movimento. 
 
Em caso de descumprimento, o Sindicato dos Metroviários do Distrito Federal deverá pagar multa de R$ 50 mil por dia. O ministro também determinou que a empresa não faça descontos salariais até o julgamento do dissídio coletivo pelo TST ou que um acordo seja fechado durante negociação coletiva. Caso a liminar seja descumprida, a empresa deverá pagar multa diária de R$ 5 mil.
 
 
Esta matéria tem caráter informativo, sem cunho oficial.
Permitida a reprodução mediante citação da fonte.
Coordenadoria de Rádio e TV
Tribunal Superior do Trabalho
Tel. (61) 3043-4264
crtv@tst.jus.br