Publicador de conteúdo Publicador de conteúdo

Retornar para página inteira

Pesquisa de Satisfação Social 2016 do TST começa nesta segunda

Começa hoje e vai até 30 de setembro a Pesquisa de Satisfação Social 2016 do TST para o público externo, onde haverá perguntas feitas em relação aos serviços que o Tribunal oferece ao público, como atendimento, TST-Push, portal de internet, tramitação dos processos, entre outros. O link ficará num banner rotativo e será encaminhado um e-mail para os 40 mil advogados cadastrados no TST-Push, convidando-os a responder a pesquisa.

A pesquisa de satisfação foi iniciada pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), em 2011, com o objetivo de mapear os desafios da Justiça Brasileira identificados pelos agentes e usuários da Justiça. Os resultados poderiam contribuir para a elaboração de diretrizes do planejamento anual do órgão. Em 2012, a pesquisa começou a ser feita também pelo TST. Mas em 2015, equipes da Presidência e da Ouvidoria se reuniram para atualizar o documento. "Achamos que as perguntas poderiam ser mais bem elaboradas para podermos compreender melhor o cliente em relação aos serviços", ressalta Renata Habermam, ouvidora auxiliar, responsável pela pesquisa.  O índice de satisfação atingido em 2015 foi de 73,5%. Responderam à pesquisa 3.927 pessoas entre advogados, partes e estagiários.

Para Renata, a pesquisa é o momento da sociedade se manifestar para que possamos melhorar nossos serviços, sugestões dadas pelos jurisdicionados, ações que podem ser aplicadas nos serviços oferecidos. "Isso contribui para a melhoria da imagem do Tribunal", salienta.

 (Viviane Gomes/RR)