Publicador de conteúdo Publicador de conteúdo

Retornar para página inteira

Divulgado o resultado da pesquisa de satisfação do Tribunal Superior do Trabalho

(Sex 27 Nov 2015 13:45:00)
REPÓRTER: Mais de cinco mil pessoas responderam à pesquisa de satisfação 2015 do TST,  três vezes mais que em 2014. 51% são formados por advogados, seguidos de pessoas que possuem algum processo na justiça do trabalho. Antônio cândido foi um dos advogados que respondeu à pesquisa, e essa não foi a primeira vez.  Todo ano, ele participa. 
 
SONORA: Antônio Cândido Osorio
 
Já que o TST pretende nos ajudar, não custa nada contribuir.
 
REPÓRTER: A melhor avaliação ficou com o TST Push. O sistema é um serviço oferecido ao cidadão, de envio por e-mail das atualizações sobre o andamento de processos. Oitenta e oito por cento das pessoas que responderam à pesquisa disseram estar satisfeitas com o serviço. Em 2014 o índice de aprovação foi de 75 por cento. Para Renata Haberman, ouvidora auxiliar do TST, o aumento de satisfação foi devido a melhorias no sistema. 
 
SONORA: RENATA HABERMAN
 
O que modificou um pouco no TST Push é porque agora ele encaminha informativo de jurisprudência. Então, aumentou um  pouco o serviço do TST Push, e é algo que os advogados utilizam muito. Então, deu um aumento na satisfação do advogado de ter mais um serviço à disposição.
 
REPÓRTER: A pesquisa de andamento processual obteve oitenta e cinco por cento de aprovação. Segurança, atendimento e o portal do TST também foram bem avaliados, com mais de oitenta por cento.  Em relação ao tempo de tramitação dos processos, a aprovação mais do que dobrou: subiu de 23 por cento em 2014, para 48 por cento. O presidente do TST, ministro Barros Levenhagen acredita que o aumento na satisfação da tramitação dos processos demonstra o reconhecimento do cidadão com o trabalho desenvolvido pelos ministros.
 
SONORA: ministro Antônio José de Barros Levenhagen
 
O que mais me chamou a atenção, porque no discurso de posse eu disse que ia dar prioridade  a atividade fim do tribunal, que é o julgamento mais célere e consistente dos recursos, é que a tramitação dos processos no TST, que nos anos anteriores geravam em torno de 23% saltou para 50%, ou seja, no ano de 2015 ele deu um salto de qualidade excepcional e isso é bastante lisonjeiro. Sinal de que o nosso jurisdicionando estão passando a compreender melhor o trabalho que os ministros desenvolvem aqui.
 
REPÓRTER: Todos os quesitos tiveram melhor avaliação que nos anos anteriores, como explica a ouvidora auxiliar, Renata Haberman.
 
SONORA: Renata Haberman
 
O objetivo da pesquisa, além de medir a satisfação do cidadão que utiliza o serviço do tribunal, é propor melhorias para o tribunal. Então na pesquisa de satisfação foi disponibilizado um campo para o cidadão fazer sugestões do que ele não estava satisfeito, para que a gente pudesse pegar agora, depois de avaliar a pesquisa, poder propor melhorias no serviço do tribunal e isso a gente já vai fazer depois da pesquisa já para o ano que vem. A gente já tinha disponibilizado para o cidadão informações do que foi melhorado e do que ele contribuiu na participação nas atividades do tribunal.
 
REPÓRTER: Todos os detalhes da pesquisa podem ser conferidos na intranet.
 
(Giselle MOurão)
 
Faça o download ou ouça a notícia: