Publicador de conteúdo Publicador de conteúdo

Retornar para página inteira

Ministro Brito Pereira inicia correição ordinária no TRT da 18ª Região (GO)



O corregedor-geral da Justiça do Trabalho, ministro Brito Pereira, deu início na manhã desta segunda-feira (16) à correição ordinária no Tribunal Regional do Trabalho da 18ª Região (GO). Entre outros aspectos, durante a semana, ele examinará os dados relativos aos sistemas e-Gestão e PJe-JT,  estruturas judicial e administrativa, tecnologia da informação, movimentação processual, vitaliciamento dos juízes do trabalho substitutos, residência dos magistrados e Escola Judicial. Examinará também as informações prévias encaminhadas pela administração do Tribunal Regional, as condições e as peculiaridades do trabalho, além das boas práticas desenvolvidas na 18ª Região.

Na reunião de abertura, o ministro estabeleceu as diretrizes dos trabalhos que serão realizados, apresentou sua equipe e agradeceu à administração do Tribunal a remessa dos dados previamente solicitados, reiterando sua disposição em ouvir sobre as dificuldades enfrentadas na Região, a fim de que, juntamente com o Tribunal, possam se debruçar sobre essas questões na busca de soluções, sempre voltado para se alcançar o bom desempenho da Justiça do Trabalho. Estiveram presentes à abertura o presidente do Tribunal, desembargador Aldon do Vale Alves Taglialegna, os demais desembargadores e alguns diretores.

Logo após o encerramento da reunião, o ministro conversou reservadamente com o desembargador presidente e, depois, com os demais desembargadores.

À tarde, às 14h30, o ministro visitará a Escola Judicial, na companhia de sua diretora, e, a partir das 15h30, conhecerá o Centro de Solução de Conflitos e Cidadania. Depois das visitas, estará à disposição dos juízes de primeiro grau, cujo comparecimento é facultativo.

O encerramento da correição ocorrerá na sexta-feira, 20/3, em sessão pública, às 10h, com apresentação dos resultados. O evento será transmitido pela internet. Após o encerramento, concederá entrevista coletiva.

Agenda:

Terça-feira (17/3) – o ministro estará à disposição do público das 9h30 às 16h.
Quarta-feira (18/3) – o ministro se reunirá com os desembargadores, às 16h30.
Quinta-feira (19/3) – o ministro se reunirá com sua assessoria.
Sexta-feira (20/3) – encerramento às 10h da manhã (sujeito à alteração de horário), com a leitura da ata, em sessão pública.

(Com informações da CGJT. Foto: TRT-18)

Inscrição no Canal Youtube do TST