Publicador de conteúdo Publicador de conteúdo

Retornar para página inteira

Por dentro do Tribunal Superior do Trabalho

06.03.2015

REPÓRTER: A eficácia e a rapidez no julgamento dos processos colocaram o Tribunal Superior do Trabalho em posição de destaque em 2014. No ano passado, o TST foi reconhecido em três premiações: o Selo Diamante, a Medalha Nacional de Acesso à Justiça e o Selo A3P de Sustentabilidade na Administração Pública. O Selo Diamante, foi consequência do esforço do Tribunal na gestão da informação e no fornecimento de dados à Justiça em números, do CNJ, a fim de basear o planejamento e a atuação do Judiciário. O presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Ricardo Lewandowski, destaca a importância do prêmio:

SONORA: Presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Ricardo Lewandowski.

 "Merecidamente a meu ver, pelas mãos do grande e operoso ministro Levenhagen a Justiça do Trabalho é agraciada com esse galardão que o CNJ concede aos Tribunais que se destacam nessa área."

REPÓRTER: O presidente do TST, ministro Barros Levenhagen, avalia que a conciliação no Tribunal é a grande reconhecida:.

SONORA: Presidente do TST, ministro Barros Levenhagen.

 "Temos hoje reconhecido pelo Conselho Nacional de Justiça a grande virtude da conciliação. Que é o método da solução de conflitos que supera, e muito, a própria sentença."

REPÓRTER: Já a Medalha Nacional de Acesso à Justiça, entregue pela primeira vez em 2014 pelo Ministério da Justiça, realçou iniciativas de ampliação, democratização e acesso aos meios judiciais. O TST foi um dos 37 agraciados com a condecoração. Já o selo de sustentabilidade, do Ministério do Meio Ambiente, premiou a atitude ambiental e social da Corte, destacando a gestão e o uso consciente dos recursos pelo Tribunal. Todos os prêmios podem ser conferidos no Memorial do TST, que fica no mezanino do edifício-sede, em Brasília.

Reportagem, Carlos Balbino.

Ouça a notícia: